19 de setembro de 2011

Irmandade da Adaga Negra - Livro IV.

Amante Revelado - J.R. Ward.
Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra  entre vampiros e carrascos.
Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Mas, agora, um aliado da Irmandade está prestes a realizar seus desejos mais secretos...

Butch O Neal é um lutador por natureza. Ex-policial da divisão de homicídios, durão, ele é o único humano que já foi admitido no círculo da Irmandade da Adaga Negra. E deseja mergulhar ainda mais fundo no mundo dos vampiros, na guerra contra os redutores.
Não tem nada a perder. Seu coração pertence a uma vampira, uma beldade aristocrática inatingível para ele. Se não pode ter Marissa, então, pelo menos, quer lutar lado a lado com os Irmãos.
O destino o amaldiçoa realizando precisamente o seu desejo. Quando Butch se sacrifica para salvar um vampiro dos assassinos, cai vítima da força mais sinistra dessa guerra. Deixado para morrer, é encontrado por um milagre, e a Irmandade recorre a Marissa para trazê-lo de volta. Mas, mesmo o seu amor pode não ser suficiente para salvá-lo...

Nota Pessoal.

''Momento de reflexão''

Antes de começar a resenha deste livro, gostaria de comentar algumas coisas sobre a série.
Acho que praticamente todos que ''circulam'' na blogosfera literária conhecem a Irmandade (série vampiresca composta até agora de 09 livros, infelizmente não foram todos publicados aqui no Brasil ainda, que trás em cada volume a estória de um dos ''irmãos'' da Irmandade e suas ramificações) seja de ouvir falar, ou porque já leu os livros ou ainda vão ler, eu já tinha lido até o 6º volume da série em e-book, mas é claro que após comprar o livro eu tinha de ler de novo. kkkkk.

Agora vamos ao ''foco'' de hoje, o livro do Butch, para quem não sabe ele é um dos poucos humanos que tiveram o privilégio de conhecer e ser aceito pela Irmandade, em parte por ter ajudado e muito o desenrolar da estória de Beth e Ward em Amante Sombrio, ele praticamente foi um rival do ''rei cego'' mas naquele tempo é claro que ele não era páreo para Ward, então ele conhece Marissa, uma vampira aristocrata da glymera e que já tinha sido considerada a própria shellan do rei, mas nunca houve nada entre eles além da conveniência e após Ward ter feito de Beth sua rainha o caminho ficou livre para Butch e Marissa poderem finalmente tentarem se entender, mas para ela que foi ensinada que deveria ser sempre perfeita e por ela ter um ''complexo de inferioridade'' do tamanho do oceano atlântico, eles ficaram separados algum tempo, após vários desencontros, o irmão de dela que acha que ela merece algo melhor do que um mero humano, e até Rehvenge que entra na luta pelo amor da bela vampira, mas o coitado não tem a menos chance, pois Marissa já está apaixonada por Butch.
Os problemas vão aparecendo a medida que a relação deles vai acontecendo, com o fato de poder ''rastrear'' os lessers (redutores é ridículo) uma profecia a muito tempo perdida vem à tona e Butch fica em evidência, sem contar a super e mega estranha relação com Vishous que ''parece'' ter algo a mais que uma singela amizade, seu desejo de ser mais do que um mero mortal e poder assumir de vez seu lugar junto a Marissa, estar ao lado os irmãos na  Irmandade e lutar na guerra que está por vir, então já viu, ele faz e acontece, é um livro de grandes emoções.
Butch entre eles é o mais sensível, ao menos para mim, assim ele sofreu demais desde a infância, rejeitado pela família e tido como a ovelha negra até da própria polícia, de onde foi expulso, entre outras coisas.
Ele tem muito a oferecer só não sabia como e assim que consegue seu desejo de finalmente saber que ele é, fica na iminência de perder a mulher que ama, mas ele não entrega o jogo assim fácil, então podem ter certeza, não deixa a desejar com relação aos outros livros, super HOT (marca registrada da irmandade), as cenas entre eles são super calientes, mas o destaque está na forma como ele a trata, é como se para ele a vida só é vida com ela, romântico, com muita ação e emoção.

Sem sua parceira com quem dividir a vida, ele era apenas uma tela para os acontecimentos e circunstâncias. Ele não estava vazio, pois não era um recipiente nem mesmo para o ar.
Ele vivia sem estar realmente vivo.
 
                                             By Butch. 
                                                                                                Página 481.

Eu adorei o livro, a única "nota dissonante" para mim é essa dúvida que fica no ar de Vishous estar apaixonado por Butch e Butch de certa forma retribuir essa atração de Vishous, para mim, vampiros gays é demais e quando a J.R começar a misturar as estações, passo adiante.
Mas tudo fica bem e ''V'' finalmente encontra sua parceira e quando isso acontecer vai perceber que o que ele sentia por Butch era uma grande amizade, coisa que ele nunca teve de verdade,algo que não tinha nada a ver com os irmãos da irmandade, eles criam um laço de amizade bem mais forte do que tudo isso. Então tenham em mente: Nem tudo o que parece é. kkkkk
Capa original.

Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Ganhei esse livro em uma promo e não vejo a hora de ler. Não vejo problema no fato da Ward retratar vampiros gays... *_*

    Boa resenha e quem não quer um Butch na vida?

    ResponderExcluir
  2. Esse é meu próximo livro a ser lido da Irmandade.
    To procurando um tempinho para ler, até por que os IAN precisam de tempo e espaço para serem degustados!
    Amei sua resenha!

    ResponderExcluir
  3. Depois de ter lido o livro do Rev, não sei como a Marissa resistiu a esse macho... eu trocava numa boa...rss
    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  4. Fabyiiiii (ECOooo)

    Amiguinha posso deixar um surto aqui? rsrs

    Bom, eu AMO IAN, vc já deve ter ppercebido isso né? kkkk Fiquei tão feliz em ler sua resenha vc nem pode imaginar! Geralmente as resenhas de revelado não são muito positivas em relação a Marissa e Butch e isso me deixa um pouco 'pau da vida' kkk.

    Acho os dois uns fofos e super perfeitos um pro outro. A maioria das pessoas não gostam muito da Marissa por não entender o que vc acabou de colocar muito bem descrito na sua resenha! Amei, amei e amei.

    Sobre Vishous e Butch tbem acho que sempre foi amizade. Os dois tem uma ligação muito especial e acho isso muiiito lindo e muito bem abordado pela Ward.

    Eu já li todos os livros então não vou me aprofundar pra não soltar spoiler, mas acho que vc vai acabar mudando de ideia sobre uma coisinha que vc disse na resenha ai pra cima :)


    E ah...lê 'Pai Meu'? Se vc já leu Consagrado pode ler sem medo pq não tem spoiler não ta? estou louca pra SURTAR muito comentando contigo!

    Super beijo e AMEI sua resenha :) Parabéns

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Eu estou lendo Amante Revelado, dei uma parada aguardando o Amante Liberto chegar, vc sabe a minha paranóia com serie, né!

    Beijos
    Luciana
    Não deixe de visitar o Blog - Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  6. Livro – O Reino de Milian
    Sinopse
    A guerra dos três Reinos já preocupava Ana e sua mãe antes mesmo de David, um garoto do Reino inimigo, chegar. A partir daí Ana vê sua vida mudada. Juntamente com alguns amigos ela deve viajar entre os Reinos, mesmo com o perigo da guerra, e efetuar uma missão nobre. Uma missão que poderia trazer de volta a paz, a alegria que uma guerra de vinte anos tirou. Uma missão que uniria Milian novamente.
    E Ana está disposta a isso, mesmo que signifique que ela pode não voltar viva.


    Gostou? Então dá uma olhada no blog do livro: http://www.oreinodemilian.blogspot.com
    ;)
    BJS

    ResponderExcluir
  7. Fabi,

    Só vc mesmo para me matar de rir!

    Eu tbm surto quando o assunto é a Irmandade, sou fá deles até debaixo d' água, mas o livro do Phury realmente não me desce na garganta, e a amizade de V. e Butch é suspeita mas no livro do V dá pra perceber que realmente era uma GRANDE amizade! kkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  8. Atenção leitora que não é a FABY, se vc não gosta de spoiler não continue lendo) rsrs

    Ei Faby...

    Amiguinha estou tão feliz por ter alguem pra comentar IAN comigo \o/

    Minhas outras amiguinhas ainda não terminaram de ler oos livros e na correria do dia a dia elas acabam não comentando nada #mimimi Daí eu fico aqui 'forever alone' com os meus surtos aprisionados nesse meu pobre coração de DOENTE!!! kkkkk

    O livro do Phury é um livro mais calminho mesmo né? Mas sei lá, eu acho que é pelo personagem mesmo rsrs ele sempre foi meio 'pamonha' kkk mas é fato que eu AMO a estoria dele, mesmo pq se entrelaça na estoria do MEU (cof cof) Zsadist! E é fato que eu não imaginava o quao atormentado ele era! aaa #morri

    Sobre Butch e Vishous acho que vai ficar mais claro no livro da Payne. Bom, pelo menos pra mim ficou bem transparente! E agora deixa atar meus dedinho pq né? kkkk spoiler não pode!

    OBS: 'atar' me lembrou Vishous! Pq sera? kkk

    beijos querida

    ResponderExcluir
  9. Esse livro surper me surpreendeu no final, nunca imaginei que pudesse ter tantas coisas envolvidas... agora quero +...rs

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir