9 de novembro de 2011

Família Wherlocke # Livro II.

A Sensitiva - Hannah Howell - Editora Lua de Papel.
 Um Cético, uma Mística.

Opostos em Quase Tudo... Mas a Química Parecia Irresistível...

Segredos e intrigas como o estopim de paixões perigosas. Por toda a Londres do século XVII, é possível ouvir sussurros e boatos sobre os dons inexplicáveis da família Wherlocke. Mas o Lorde Ashton, um homem com firmes convicções, é uma das vozes mais céticas de seu tempo, e tudo caminhava para continuar assim... até encontrar uma bela mulher desacordada, largada no quarto de um bordel.

A mulher misteriosa é Penélope Wherlocke, e seu dom especial a levou para um mundo perigoso de alta sociedade, quando foi sequestrada e vendida a uma cafetina criminosa. Ao vê-la, Ashton ficou enfeitiçado. Algo lhe diz que deveria esquecê-la, mas é atraído cada vez mais para a vida dela, transformando-se em seu protetor. Porém, Penélope é uma mulher com ideias próprias, algo que sempre a afastou dos homens de sua época, mas enfim encontra alguém seguro e capaz de lidar com suas habilidades sobrenaturais...

Nota Pessoal

Eu adorei o livro, quem já leu Hannah Howell sabe que ela tem uma ''veia'' cômica bem legal e deixa isso bem evidente em seus livros, então prepare-se além de um romance super fofo no estilo Cinderela, cenas impagáveis de fazer a gente chorar de rir.
Penélope sofre nas mãos da madrasta, após a morte de seu pai ela passou a ser tratada como se fosse a empregada da família, quando na verdade ela e a herdeira e dona de tudo, mas não se importa muito com isso, pois sua leva uma ''vida dupla'' é a responsável por todos os seus parentes ilegítimos, pois sempre há uma casa para acolher os ''bastardos'' dos Wherlocke e Pen toma conta e acolhe todos com muito amor, gostei demais disso, a união entre eles, primos, irmãos é muito linda, estão sempre um salvando o outro sem contar que cada um tem um ''don'' especial.
Ashton para quitar uma enorme dívida deixada por seu pai com a família de Penélope acaba ficando noivo de Clarissa a prima de Penélope (que só deseja um título de nobreza) e que a odeia de todas as formas.
Ele não conhece Pen até que em um bordel a encontra sendo ''vendida'' para ele e leva um susto, pois percebe que a conhece de algum lugar, mas ao mesmo tempo sente uma enorme atração pelo ''presente'' que seus amigos lhe reservaram (srsrsr) o coitado, não sabe onde está se metendo (rsrsrs).
Uma sucessão de ''acidentes'' incríveis, nunca vi uma heroína acabar tantas vezes desacordada em um livro. kkkk. 
As cenas são ardentes entre eles, Ashton e Penélope não conseguem se desgrudar um do outro, apesar do receio de Anton por conta do ''don'' de Pen ele não se afasta dela um instante, pois sente têm de estar ao seu lado, lindo ele. kkkkkk.

Ele vive ''tendo'' pensamentos com ela. kkkkk.

-- Isso é loucura - Ashton murmurou ao se dar conta de que estava começando a desabotoar o vestido dela.
-- Mas é uma loucura deliciosa -- ela o beijou no pescoço, saboreando o gosto da pele, e ouviu o gemido suave que ele deixou escapar.
-- Penélope, estou prestes a tomá-la aqui mesmo, no sofá da sala.
-- Sim, é verdade, talvez não seja o melhor lugar ...

Deu pra perceber que a Pen não é nada boba, ela sabe o que quer e vai lugar contra tudo e todos para poder conquistar o amor desse nobre cabeça dura e orgulhoso, que mesmo louco de amor por Pen ainda quer levar em frente um noivado ridículo com sua prima, porém novos acidentes vão acontecendo e a paixão entre eles fica sem limites, Ashton percebe que já encontrou a mulher que vai tornar seus dias simplesmente inesquecíveis.
Eu gostei muito mais deste livro do que A Vidente, a estória aqui não fica parada em momento algum, sempre têm algo acontecendo e Pen acabando desmaiada, atropelada, com algum "galo" na cabeça. Coitada! kkkk.

Nota: 09.

A série é composta por 4 livros.

A Vidente
A Sensitiva
A Intuitiva
If He's Dangerous * não publicado ainda no Brasil (é o livro de Sir Argus).