7 de novembro de 2010

Saiu da Pilha (65).

Tempo de Recomeçar – Cheryl St. John – Clássico Histórico.

Kansas, America do Norte, 1879.

Como podia ela dizer sim?
Pessoas como Ellie Parrish não recebiam propostas de casamento de alguém como o Dr. Caleb Chaney.
Ainda que essa proposta fosse a resposta ás suas preces, um homem tão decente e gentil como Caleb não merecia uma mulher cujo passado era uma mentira.
Caleb Chaney podia ver que Ellie Parrish era uma mulher com a alma atormentada. Porém, também podia ver uma mulher com o coração grande o bastante para amar seu bebê como se o tivesse gerado e capaz de ensinar o próprio Caleb a amar outra vez.

Nota Pessoal.

Eu comprei esse romance em 2008, pois já tinha lido livros dessa autora e gostei muito, então ele foi para a pilha, e após ler a resenha dele no blog da Carla – Doida, pronto tinha de ler e ver se era realmente tudo aquilo que ela falou! kkkkk.
Pois é sim e muito mais, adorei o livro, a história é linda, emocionante, triste e muito romântica.
Gente, a Ellie sofreu demais na vida e a única coisa que ela quer é um lar estável para seus irmãos que se matam de trabalhar em uma fazenda (onde o estado os colocou), por um mero prato de comida e um péssimo teto para dormir, e para isso Ellie se mata de trabalhar para poder juntar dinheiro e os tirar de lá, mas a realidade é outra, esta sendo muito difícil ela conseguir o que quer, como garçonete do único hotel da cidade, ganha muito pouco, mal dá para si mesma, e para piorar a situação, após um acidente, onde ela fratura o braço (o que a deixa impossibilitada de trabalhar), mas o destino finalmente resolve sorrir para ela, colocando o Caleb Chaney em seu caminho, ele é médico recém formado, e as pessoas da cidade ainda não confiam nele, afinal ele vem com coisas novas, que para as pessoas ainda é desconhecida, e pelo agravante de sua esposa ter morrido no parto, algumas pessoas o acham incapaz, mas Ellie percebe logo o quanto médico pode ser uma pessoa nobre e gentil, ele oferece um emprego a ela, como babá de seu filho, já que para ele fica difícil tomar conta dos pacientes que o procuram e também de Nate, seu filho.
É linda a forma como Caleb vai curando as feridas de Ellie, e posso dizer, não são poucas, ela sofreu demais e um pouco de tudo na vida, desde maus tratos, fome, surras, abusos e para ela é quase impossível poder confiar em outra pessoa de novo, assim como seus irmãos que vão morar com ela, após o casamento de conveniência entre eles, os meninos são tão sofridos quanto à irmã, não há como não se emocionar com as cenas dos três juntos, é muito lindo.
Não tem cenas hots, mas a forma como ele a trata, como se ela fosse a coisa mais maravilhosa do mundo, com toda a paciência e amor do mundo, compensa podem ter certeza.
Vale muito à pena ler, e descobri que tem mais dois livros dessa série, então vou correr atrás.


A série se chama ***Harvey Girls*** e é composta por:

*** Tempo de Recomeçar.
*** The Tenderfoot Bide - Não publicado no Brasil.
*** The Lawman's Bride -Não publicado no Brasil.

Nota 8.

Capa Original.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Ah Faby , é muito sofrimento o que essa mocinha passa mas fiquei surpresa em saber que faz parte de uma série e o pior que não foi publicada aqui no Brasil.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo bom gosto, Fabi! Eu tbm adoro romances onde os personagens tem muitos conflitos, e sofrem, para no final, serem recompensados por um grande amor... é de emocionar mesmo! Adorei a resenha!
    Taí, vou colocar esse livro entre os próximos da minha lista!!!

    Bjos, linda!

    Jo

    ResponderExcluir
  3. Jo,
    Ela sofre mesmo, fiquei super triste depois que li tudo o que ela passou, mas ele a ama demais, ai já viu, faz do livro uma história muito linda!
    Fico super feliz por você ter gostado!
    Obrigada pelos comentários meninas!
    Adoro a opinião de vocês!

    ResponderExcluir
  4. Nossa amiga, desculpa memso a ausência, to em falta de verdade com você, mas vou remediar isso!
    Adorei sua resenha, vc sabe o quanto gosto de livros com mocinha sofredora e um cavalheiro para chamar de seu...
    Tenho esse livro aqui, muito bom saber que ele é do jeitinho que eu gosto!
    Beijão amiga!

    ResponderExcluir
  5. ei Faby, a história parece ser bem linda mesmo.
    Vou querer ler esse livro com certeza. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir